Saltar para o conteúdo principal

Outras ajudas para o setor do Livro e da Edição

Apoio à tradução em português

  • CNL – Apoio às editoras para a tradução de livros franceses para línguas estrangeiras

O centro Nacional do Livro (CNL)
A missão do Centro Nacional do Livro, um estabelecimento público do Ministério da Cultura francês, é apoiar todos os actores da cadeia do livro. Promove a tradução de obras estrangeiras para francês e de obras francesas para línguas estrangeiras.

O Centre National do Livro (CNL) concede ajuda aos editores profissionais que tenham adquirido os direitos para a tradução de obras de língua francesa para línguas estrangeiras, junto de uma editora francesa. O objectivo é apoiar editores que assumem riscos económicos no contexto de uma produção editorial qualitativa, diversificada e acessível para o maior número de pessoas possível.

O pedido de subsídio é apresentado ao CNL, através da plataforma dedicada, pela editora da obra em francês que cedeu os direitos à editora estrangeira.

O Institut français du Portugal não processa quaisquer candidaturas. As editoras portuguesas também não podem candidatar-se directamente ao Centro Nacional do Livro.

As comissões reúnem-se três vezes por ano:
Data limite para apresentação de candidatura

20 de Fevereiro para a sessão de Maio-Junho de 2020

10 de Junho para a sessão de Outubro de 2020

4 de Novembro para a sessão de Fevereiro de 2021

Montante susceptível de ser concedido

De 500 a 35.000 euros

Para mais informações, por favor visite o site do CNL

 

Apoio à tradução em francês

  • Linha de Apoio à Tradução e Edição (LATE) – DGLAB e Instituto Camões

A Linha de Apoio à tradução e edição (LATE) foi criada em 2016 conjuntamente entre a DGLab e o Instituto Camões.

A Linha de Apoio visa promover a tradução e edição no estrangeiro de obras escritas em língua portuguesa, por autores portugueses e por autores dos países africanos de língua portuguesa (Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé, Guiné-Bissau) e de Timor, através de apoios financeiros e de bolsas para tradutores.

Mais informações disponíveis aqui.

 

Ajudas para tradutores

Nesta página encontrará uma seleção de ajudas que podem ser de interesse para os tradutores. Os tradutores devem contactar diretamente a instituição em que estão interessados.

  • CNL – Bolsa de residência para os tradutores do francês para uma língua estrangeira

O objectivo da bolsa de residência para tradutores de francês para línguas estrangeiras é desenvolver a rede de tradutores profissionais de francês ou de uma das línguas da França para línguas estrangeiras, oferecendo-lhes a oportunidade de permanecer em França para realizar um projecto de tradução de uma obra francesa ou de uma obra escrita numa das línguas da França para fins de publicação.

Para ser elegível, um projeto deve ser objeto de um contrato de tradução com uma editora.

As comissões reúnem-se três vezes por ano:

Prazos de entrega :

– 20 de Fevereiro para a sessão de Maio/Junho 2020

– 10 de Junho para a sessão de Outubro 2020

– 4 de Novembro para a sessão de Fevereiro 2021

Valor da ajuda : entre 2000€ e 6000€ (2000€ por mês de residência com um período máximo de três meses).

Para mais informações, por favor, vá diretamente para o site do CNL

  • CNL – Bolsa para os tradutores de línguas estrangeiras para o francês

O CNL propõe uma ajuda para os tradutores de língua estrangeira para o francês a fim de permitir que os tradutores se dediquem, em França ou no estrangeiro, a um projecto individual e pessoal de tradução em grande escala para fins de publicação.

Com essa ajuda, o Centre National du Livre cobre parte dos custos de tradução e contribui para a promoção do livro francês na sua diversidade no estrangeiro.

Para ser elegível, um projeto deve ser objeto de um contrato de tradução com uma editora.

As comissões reúnem-se três vezes por ano:

Prazos de entrega :

– 20 de Fevereiro para a sessão de Maio/Junho 2020

– 10 de Junho para a sessão de Outubro 2020

– 31 de Outubro para a sessão de Janeiro/Fevereiro 2021

Valor da ajuda : entre 5000€ a 8000€

Para mais informações, por favor visite o site do CNL.

  • DRAC – Direction Générale des Affaires Culturelles (Direção Geral dos Assuntos Culturais)

As diferentes regiões francesas oferecem apoios para promover a vida literária: apoios para eventos literários, apoios para residências de autores, subvenções para escritores e tradutores.

Pode consultar o website geral para aceder às páginas das respectivas regiões em:

https://www.culture.gouv.fr/Regions

Résidencia e bolsas da Région Nouvelle Aquitaine : Http://ecla.aquitaine.fr/Ecrit-et-livre/Auteurs-Traducteurs/Appels-a-candidatures-residences-et-bourses

→ Apoio a residências de autores, ilustradores e tradutores na Région Occitanie :
https://www.occitanielivre.fr/bourses-de-residences

  • CITL – Collège International des Traducteurs Littéraires (Colegio Internacional de Tradutores Literários)

O CITL acolhe em residência, por períodos de uma semana a três meses, tradutores literários franceses e estrangeiros que tenham um contrato de tradução com uma editora. Os investigadores, linguistas e autores que desejem trabalhar com o seu tradutor são igualmente bem-vindos.

https://www.atlas-citl.org/conditions-de-sejour/

 

Ajudas de outros países francófonos

  • Collège Européen des traducteurs (Bélgica)

O Colégio Europeu de Seneffe recebe tradutores literários em residência por períodos de quinze dias a um mês e meio.

http://www.promotiondeslettres.cfwb.be/index.php?id=collge_seneffe

  • La Fondation Pro Helvetia (Suiça)

A Fondation Pro Helvetia oferece bolsas de residência e de mobilidade a tradutores que traduzem autores suíços.

https://prohelvetia.ch/fr/?s=bourse

 

Ajudas para a mobilidade

Nesta página encontrará uma coleção de auxílios de interesse para os profissionais do sector do livro.

Para editores

  • BIEF – Bureau International de l’Édition Française

Os editores portugueses podem candidatar-se para participar em vários encontros com editores franceses no Salon du Livre de Paris, em Março.

O BIEF organiza também eventos dedicados aos editores estrangeiros, os Fellowship.

https://www.bief.org/Rencontres-professionnelles.html

Residências (autores, ilustradores, tradutores…)

  • Cité Internationale des Arts à Paris

Desde a sua criação em 1965, a Cité internationale des arts tem acolhido artistas em residência vindos do mundo inteiro. É um espaço vivo aberto ao diálogo entre culturas, onde os artistas encontram o seu público e os seus profissionais. Em parceria com 135 organizações francesas e internacionais, acolhe todos os meses mais de 300 artistas de todas as disciplinas, gerações e origens.

https://www.citedesartsparis.net/residences

É possível candidatar-se através do programa do Instituto Francês :

voir l’appel à candidature.

  • Centro les Récollets

https://www.centre-les-recollets.com/en/