Saltar para o conteúdo principal

ARTES E CULTURA

O principal papel do setor de cooperação cultural e audiovisual é facilitar o conhecimento recíproco entre os operadores culturais dos dois países, bem como a descoberta de novos talentos, disponibilizando ao setor cultural francês os recursos necessários para o desenvolvimento de projetos de cooperação com Portugal.

Além disso, o setor cultural retransmite, aos artistas e programadores portugueses, esquemas de mobilidade franceses, tais como o foco nos diferentes setores culturais permitindo-lhes descobrir a cena artística francesa nos seus eventos mais recentes ou as residências dos artistas dando-lhes a oportunidade de trabalhar em profundidade no território francês. Ao mesmo tempo, informa os editores portugueses dos apoios a que têm direito e dos outros apoios concedidos pela França ao setor do livro e da edição, a fim de contribuir para uma maior presença de autores franceses e francófonos nas livrarias portuguesas.

Atualmente agrupados sob o nome de Indústrias Culturais e Criativas, os setores da cooperação cultural são muito diversos: artes cénicas, artes visuais, património cultural, cinema e audiovisual, edição e livros, design, moda, artesanato e arquitetura.

Continuando a intervir nos diferentes setores, o Instituto Francês de Portugal irá, a partir de 2021, reorientar a sua ação para as missões prioritárias que lhe foram confiadas: a promoção do design francês e a publicação de obras de autores franceses e francófonos, bem como projetos destinados a públicos jovens, dando acesso a produções culturais de língua francesa.

Poderá ser concedida ajuda financeira no início do ano civil a determinados projectos, de acordo com os critérios apresentados aqui.