Saltar para o conteúdo principal
A carregar Eventos

EUROPA 6.1

Festival de Cinema Europeu online
De 15 a 30 Novembro 2020
Online

Quinze dias de cinema online gratuito para olhar outra Europa

 

A Representação da Comissão Europeia em Portugal e a EUNIC Portugal, rede de institutos culturais e embaixadas da União Europeia, organizam, de 15 a 30 de novembro, a sua mostra anual de cinema, designada este ano Europa 6.1, a fim de realçar a sua natureza digital, necessária em virtude da pandemia.

O Europa 6.1 propõe sete olhares sobre a cinematografia emergente, compilando sete histórias que diluem as fronteiras do continente e celebram a cidadania europeia. Áustria, França, Hungria, Luxemburgo, Polónia, Portugal e República Checa são as sete paragens deste comboio.

Tem sido um dos temas mais quentes dos últimos anos, a recepção e tratamento aos refugiados que, anualmente, batem às portas de diversos países europeus. Em Macondo, ficção austríaca rodada nas margens do Danúbio, seguimos de perto a história de Ramasan, um menino de onze anos que se vê forçado a assumir o papel de chefe de uma família separada pelo confronto russo-checheno. Também com a juventude como figura central, A Vida Nos Bosques (França) é um coming of age tocante que nos põe ao lado de Salomé e o abandono da rebeldia sob o quente sol do mês de agosto. Centrado no Luxemburgo, Histórias de Hortas Comunitárias é um documentário sobre as hortas comunitárias no sul do país, onde pequenas áreas de terreno são disponibilizadas para plantio individual e onde se cruzam luxemburgueses reformados com imigrantes portugueses ou da antiga Jugoslávia. A comunidade e os seus preconceitos é o tema central de Brasileiros (Hungria), que acompanha o caos gerado pela decisão do presidente da câmara em aceitar a integração de uma equipa de futebol composta apenas por jogadores de etnia cigana no campeonato regional. Uma comédia que usa o futebol como medida de pulso à integração social.

Da Polónia e República Checa chegam-nos duas histórias sobre o amor. Em Fuga, acompanhamos Alicia, uma mulher que perdeu a memória, e que se vê forçada a reconstruir os caminhos de afetos com família e filhos. Em Karel, Tu e Eu, a vida aos 30 anos, através da crise de um casal a quem o tempo parece ter destruído os pontos em comum. Fechar este programa Europa 6.1 com Ramiro, de Manuel Mozos, e a vida de um alfarrabista lisboeta, poeta frustrado, que divide o seu tempo entre a loja e a tasca, até que uma novelesca sucessão de acontecimento quebra a rotina.

 

Ver o programa completo 

 

ENTRAR NA SALA DE EXIBIÇÃO AQUI

 

 

PROGRAMAÇÃO EUROPA 6.1

RAMIRO, Manuel Mozos, 2018, Portugal, Comédia, 104’
Com: António Mortágua e Madalena Almeida
Mais Informações

KAREL, TU E EU, Bohdan Karásek, 2019, República Checa, 111’
Com: Jenovéfa Boková, Miroslav Faderholz, Miloslav König, Marie Švestková
Mais Informações

MACONDO, Sudabeh Mortezai, 2014, Áustria, Drama, 98’
Com: Ramasan Minkailov, Aslan Elbiev, Kheda Gazieva
Mais Informações

A VIDA NOS BOSQUES, Alain Raoust, 2019, França, Portugal, Drama, 92’
Com: Salomé Richard, Yoann Zimmer, Estelle Meyer
Mais Informações

BRASILEIROS, Csaba M. Kiss, Gábor Rohonyi, 2017, Húngria, Comédia, 95′
Com: Fekete Ernő, Schmied Zoltán, Nagy Dániel Viktor, Bánki Gergely
Mais Informações

HISTÓRIAS DE HORTAS COMUNITÁRIAS, Yann Tonnar, 2011, Luxemburgo, Documentário
Mais Informações

FUGA, Agnieszka Smoczyńska, 2018, Polánia, Ficção, 100’
Com: Gabriela Muskała e Łukasz Simlat
Mais Informações

Cinema Digital