Saltar para o conteúdo principal
pt
A carregar Eventos

3 espetáculos franceses no âmbito do Festival Mostra Outras Pistas

Circo
  Evento passado
De 1 a 15 Outubro 2022

O Festival Mostra Outras Pistas surge da vontade de trazer espetáculos de circo contemporâneo à zona de Lisboa, sobretudo a uma zona periférica, onde este domínio artístico não costuma ser apresentado. São espetáculos que têm na sua base uma disciplina circense, mas que têm a particularidade de se fundirem com outras, como a dança, o teatro ou a música. A programação conta com três espetáculos franceses.

 

01.10.2022 às 17h30 | À nos vertiges, de Corentin Diana e Emma Verbeke, com MPTA – Compagnie les Mains, les Pieds et la Tête Aussi

Corentin Diana e Emma Verbeke, artistas circenses oriundos do Centre National des Arts du Cirque, formam um duo num espaço de representação em constante evolução. Ele procura as verticais que o manterão de pé e a sua relação com um solo movediço, com uma terra instável.

 

08.10.2022 ás 17h30 | INSTANTE + ALI, Compagnie 7Bis + MPTA – Compagnie les Mains, les Pieds et la Tête Aussi

INSTANTE :
Todas as danças têm um ponto em comum: a relação com o circular. Dos “Tangos” de origem africana, palavra usada para designar um local de encontro, assim como um espaço de reunião para exercer rituais, até aos Dervixes da ordem muçulmana sufi, que alcançam o êxtase místico.
De e Com JUAN IGNACIO TULA

ALI :
Neste espetáculo, Mathurin Bolze e Hèdi Thabet fazem-se valer de quatro muletas para fazer frente à urgência de dizer coisas sem palavras. Um reencontro em que dois siameses se desassociam. Para rir diante do assustador, porque há uma aberração à espreita em cada um de nós.
De e Com MATHURIN BOLZE E HÈDI THABET

 

15.10.2022 ás 17h30 | Três, Groupe Zède

“Três” parte de um conjunto de três mundos distantes onde três seres vagueiam, atravessando diferentes lugares e cores que encontram nos seus trajetos. O mastro chinês empurra-os para convergir um para o outro; é o guia de uma história sem começo nem fim, sem topo nem fundo; e, no entanto, tudo acaba por se ligar.

 

Espectáculo ao vivo